Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

M. D.

Eu sei que os meus pés seguiriam os teus pra onde você quisesse. E os meus olhos iriam fechados. E meu sorriso, muito aberto. É esse tipo de confiança que me faria acreditar que até jiló pode ser gostoso se você me dissesse.
Tudo em você me faz ter certeza na vida. O teu abraço me dá a certeza de que ninguém no mundo consegue me abraçar tão apertado e com tanta delicadeza. As tuas ligações pra me acordar de manhã, porque não posso faltar ao dentista pela sétima vez, me fazem ver que ninguém cuida de mim como você. A tua risada, também de manhã, me faz ver como é delicioso estar ao lado de alguém que me faz sorrir o tempo todo. A nossa calma diante da espera pelo amor me faz ver como é bonito acompanhar o crescimento de um sentimento, sem pressioná-lo, sem obrigá-lo a ser.
Gosto de saber que não preciso de uma data pra te dizer o que tenho vontade. Gosto de saber que você está lendo isso, provavelmente, com um sorriso tímido nos lábios.
Com a boca que tanto gosto. Com o cheiro que tanto g…

Reflexões de uma sexta-feira

Hoje já é, sei lá, o terceiro dia que me despenco de Caxias pra Cinelândia e o sistema do trabalho tá ruim, o que, combinado com minha TPM, tá me mergulhando num inferno astral bizarro.
Eu não tenho motivos pra estar triste, mas às vezes fico. Essa preguiça de me encaixar nas pessoas, de dizer as coisas certas, de estar onde esperam que eu esteja... uma indiposição de ser sociável.
Queria virar um panda, que não precisa trabalhar e pode só ficar rolando na grama e comendo matinhos muito de boa.

Vislumbre

Você é meu respiro no fim de um dia ruim. É a melhor companhia quando faz malabarismo com o tempo só pra passar vinte minutos agarrado no meu pescoço, indo trabalhar. Você é a minha melhor gargalhada, com direito a olhos fechados e cabeça jogada pra trás.Tudo o que há de bonito eu penso em compartilhar com você. O por do sol na Lapa, sempre que saio do trabalho. Músicas, crianças correndo por nós, lugares que sempre sonhei viajar, as ondas quebrando na pedra do Arpoador, fotografias, Itália, o gostinho azedo de jabuticaba, rolar na grama.Tenho vontade de me afogar nos teus olhos quando você sorri pra mim e eles se apertam. Há tanta sinceridade na tua fala e no teu gesto. Tanta proteção, tanto cuidado, tanto querer bem. Tua presença é como um vento de paz que atravessa a minha vida. E é um vento bom, que balança o meu cabelo e me deixa com vontade de seguir sua leveza e ir até o céu.Com você, pela primeira vez em toda a minha vida, eu tenho calma. Gosto de apreciar cada segundo, como s…

É você que tem

Gosto de ter muitos motivos pra sorrir. Gosto de encostar a cabeça no teu peito. Gosto que você entenda minha paixão por bons músicos e não sinta ciúme quando toda a minha atenção é direcionada a eles. De olhar a lua - e o por do sol, e a cidade - e querer fotografar tudo pra te mostrar, porque queria que você estivesse do meu lado. De ver suas covinhas. Da sua voz rouca no telefone, desejando bom dia. De fazer cara de boba enquanto você toca violão. De ser a pessoa a quem perguntam de você. Do cheirinho do seu pescoço. De sempre procurar sua mão pra entrelaçar a minha. Da sua proteção. Do seu carinho. Do som da sua risada.Gosto de tanto.
Gosto de tudo.Gosto de me apaixonar por você todos os dias.